Geral

Brasil é bronze no 4 x 100 m livre do Mundial em Piscina Curta

O Brasil conquistou nesta quarta-feira a sua primeira medalha no Campeonato Mundial de Natação em Piscina Curta (25 metros), realizado em Dubai. No primeiro dia de competições, o revezamento 4 x 100 metros livre do País, formado por Nicholas Santos, César Cielo, Marcelo Chierighini e Nicolas Oliveira, terminou a prova na terceira colocação, com o […]

Arquivo Publicado em 15/12/2010, às 22h25

None

O Brasil conquistou nesta quarta-feira a sua primeira medalha no Campeonato Mundial de Natação em Piscina Curta (25 metros), realizado em Dubai. No primeiro dia de competições, o revezamento 4 x 100 metros livre do País, formado por Nicholas Santos, César Cielo, Marcelo Chierighini e Nicolas Oliveira, terminou a prova na terceira colocação, com o tempo de 3min05s74. O tempo é o novo recorde sul-americano, superando a marca anterior, registrada durante as eliminatórias.


Santos iniciou a prova, mas, apesar de um bom começo, terminou os primeiros 100 metros apenas em sexto lugar. Cielo, porém, recuperou terreno ao cair na piscina e deixar o Brasil na liderança. A ponta não foi mantida, mas Chierighini terminou os seus 100 metros em terceiro e a posição foi mantida por Oliveira, o que garantiu a medalha de bronze ao Brasil.


O ouro do revezamento 4 x 100 metros foi conquistado pela França, que completou a prova em 3min04s78, que é o novo recorde do campeonato, e contava com Frédérick Bousquet e Alain Bernard entre os seus competidores. Já a Rússia ficou com a prata, com 3min04s82. E o Brasil conseguiu superar o quarteto dos Estados Unidos, que contava com Ryan Lochte, mas ficou apenas na quarta posição.


“Provamos que temos uma geração sólida na natação, não só com os talentos individuais. Precisávamos de uma medalha para mostrar que somos fortes. Merecemos esse pódio há um tempo, já fomos recordistas mundiais. É um grande passo para entrarmos no ciclo olímpico muito fortes”, afirmou César Cielo, em entrevista ao SporTV. “É muita emoção, é muito bom nadar com os amigos”, completou.


Outros brasileiros


Além da medalha de bronze conquistada no revezamento 4 x 100 metros livre, o Brasil teve outros motivos para comemorar nesta quarta-feira em Dubai. Felipe França, Kaio Márcio de Almeida e Guilherme Guido tiveram bom desempenho nas eliminatórias e se classificaram para finais.


Felipe França garantiu vaga na final dos 100 metros peito, com o tempo de 57s19. Assim, ele empatou com o sul-africano Cameron Van Der Burgh e ficou com a segunda melhor marca da prova. O brasileiro foi mais lento apenas que o norte-americano Mihail Alexandrov.


Kaio também avançou bem para a decisão. Nos 100 metros borboleta, ele ficou com a terceira melhor marca (50s62). O venezuelano Albert Subirats, com 50s51, foi o mais rápido da prova. Já Guilherme Guido foi o quinto melhor nos 100 metros costas, com 50s83. O russo Stanislav Donets bateu o recorde do campeonato e foi o melhor da disputa com 49s62.


Fabíola Molina não conseguiu a classificação para a final dos 100 metros costas feminino. A veterana completou a sua semifinal em 58s63 e registrou apenas o 11.º melhor tempo.

Jornal Midiamax