Geral

Bovespa ganha 0,55% após abertura; dólar marca R$ 1,79

A Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo) opera acima dos 70 mil pontos logo no início das operações desta terça-feira. Valorização das commodities ajuda o mercado de ações, enquanto os investidores aguardam uma bateria de indicadores importantes nos EUA. O Ibovespa, termômetro dos negócios da Bolsa paulista, sobe 0,55%, aos 70.325 pontos. Ontem, a […]

Arquivo Publicado em 30/03/2010, às 12h40

None

A Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo) opera acima dos 70 mil pontos logo no início das operações desta terça-feira. Valorização das commodities ajuda o mercado de ações, enquanto os investidores aguardam uma bateria de indicadores importantes nos EUA.


O Ibovespa, termômetro dos negócios da Bolsa paulista, sobe 0,55%, aos 70.325 pontos. Ontem, a Bovespa fechou em alta de 1,83%.


O dólar comercial é vendido por R$ 1,796, em um decréscimo de 0,16%. A taxa de risco-país marca 177 pontos, número 2,20% abaixo da pontuação anterior.


As principais Bolsas asiáticas valorizaram no expediente de hoje, impulsionadas pela alta das commodities. Em Tóquio, o índice de ações Nikkei teve ganho de 1,01%; em Hong Kong, o índice Hang Seng avançou 0,65%.


Na Europa, a Bolsa de Londres cede 0,20%; em Frankfurt, o índice Dax fica 0,07% mais alto.


Entre as primeiras notícias do dia, a FGV apontou inflação de 0,94% em março ante 1,18% em fevereiro, pela leitura do IGP-M. No acumulado dos últimos 12 meses, a variação é de 1,94%.


O mercado deve repercutir nas próximas horas o índice Case-Shiller (setor imobilário dos EUA) e o índice de confiança do consumidor americano, do instituto Conference Board.

Jornal Midiamax