Geral

Bolívia anuncia que também reconhecerá a Palestina como Estado independente

O presidente da Bolívia, Evo Morales, anunciou que, na próxima semana, o país vai reconhecer a Palestina como Estado independente, decisão já tomada por Brasil, Uruguai e Argentina. “A Bolívia enviará uma carta ao presidente da Palestina reconhecendo como Estado independente e soberano”, disse ontem (17) Evo Morales em uma coletiva de imprensa, no Paraguai. […]

Arquivo Publicado em 18/12/2010, às 19h27

None

O presidente da Bolívia, Evo Morales, anunciou que, na próxima semana, o país vai reconhecer a Palestina como Estado independente, decisão já tomada por Brasil, Uruguai e Argentina.

“A Bolívia enviará uma carta ao presidente da Palestina reconhecendo como Estado independente e soberano”, disse ontem (17) Evo Morales em uma coletiva de imprensa, no Paraguai.


“Na próxima semana, vamos enviar aos organismos internacionais” a decisão da Bolívia de reconhecer a Palestina como um dos membros da comunidade internacional, informou a TV Telesur, ao tratar de uma reunião dos chefes de Estado da Bolívia, do Uruguai, José Mujica, e do Paraguai, Fernando Lugo.


O reconhecimento boliviano ao Estado Palestino independente e com as fronteiras de 1967 ocorre depois de Brasil e Argentina tomarem a mesma decisão no início de dezembro. O Uruguai formalizará as relações diplomáticas com a Palestina no começo de 2011, com a instalação de uma embaixada nos Emirados Árabes.


O presidente palestino, Mahmoud Abbas, expressou satisfação com o reconhecimento por parte da Bolívia, segundo a agência oficial palestina Wafa.


O negociador palestino, Saeb Erekat, também agradeceu “ao povo irmão boliviano e ao seu presidente, Evo Morales” e afirmou que o reconhecimento “é um grande passo na direção correta, alinhado com o Direito Internacional e coerente com a política exterior das nações latinoamericanas”.

Jornal Midiamax