Biquini Cavadão inicia temporada 2010 do MS Canta Brasil

A banda Biquini Cavadão será a primeira atração do ano do MS Canta Brasil, projeto da Fundação de Cutura de Mato Grosso do Sul que leva música de graça para o Parque das Nações Indígenas uma vez por mês, a partir das 17h. O show de abertura, marcado para o primeiro domingo de março (7), […]
| 07/03/2010
- 14:47
Biquini Cavadão inicia temporada 2010 do MS Canta Brasil

A banda Biquini Cavadão será a primeira atração do ano do MS Canta Brasil, projeto da Fundação de Cutura de Mato Grosso do Sul que leva música de graça para o Parque das Nações Indígenas uma vez por mês, a partir das 17h. O show de abertura, marcado para o primeiro domingo de março (7), terá a banda regional Delay, escolhida pelos internautas para ganhar o prêmio Rock do Mato 2009.

Criado em 1985, o Biquíni Cavadão nasceu do encontro colegial de Bruno Gouveia (vocal), Miguel Flores da Cunha (teclados), Sheik (baixo) e Álvaro Birita (bateria). Descobertos por Carlos Beni – ex-baterista do Kid Abelha – contaram com a ajuda de Herbert Vianna, vocal do Paralamas do Sucesso, na gravação de sua primeira música – “Tédio”. Herbert, que esteve no MS Canta Brasil em maio de 2009, também deu a sugestão do nome da banda. Não demorou muito para eles completarem a formação com Carlos Coelho nas guitarras.

O Biquíni era a banda caçula do Rock Nacional. Alçaram o estrelato com apenas 18 anos, mas dividiam histórias comuns a todos. Este poder de síntese e a capacidade de falar a língua do cidadão comum é que gerou seu quarto disco Descivilização. “Zé Ninguém” entrou nas rádios em momento delicado do país. Seu refrão acabou sendo usado nas ruas pelos estudantes que pediam a saída do presidente Collor.

Mais de 500 cidades já viram os 1700 shows realizados pela banda desde o seu surgimento. O Biquíni é hoje uma banda representativa do pop e rock brasileiro, antenada com as novas tecnologias e querida de norte a sul do país. Um grupo que acompanhou todas as décadas sem ficar perdido no tempo, orgulhosos do seu passado, mas atento ao futuro.

Delay

Arthur Rostey (vocal), Bruno Kuninari (violão), Eduardo Ávila (bateria), Fábio Adames (guitarra) e Yev Aguiar (baixo), se conhecem há mais de dez anos. Até 2005, participavam de projetos musicais distintos: Arthur, Bruno e Eduardo eram da “Banda Grifos” e Fábio e Yev da “D-Play”. Em 2006, uniram suas experiências de palco, composição e gravação e formam a Banda Delay. No mesmo ano lançam o primeiro CD “Nosso Melhor Lugar”. Já em 2007, a banda lança o álbum “Olhos de Quem Vê”. Sem rótulos, mas apostando no pop rock, o CD apresenta canções simples e fáceis de cantar.

Os integrantes foram influenciados por U2, Jota Quest, McFly, Marron5, Maskavo; além de talentos regionais como Filhos dos Livres, Olho de Gato, Muchileiros e Jerry Espíndola. Traços da MPB, reggae e baião marcam visivelmente a sonoridade pop do grupo. A Delay já se apresentou com Zezinho do Forró e com os Bêbados Habilidosos, fato que revela a diversidade musical da banda.

Para a abertura do MS canta Brasil a Banda fará um show diversificado, com participações especiais de Jerry Espíndola, Filho dos Livres, Rodrigo Tozzeti (Bando do Velho Jack) e Marina Barros. Além da presença no palco dos instrumentistas Jeremias Mello (teclado) e Matheus Asato (Violão), que vão suprir a ausência do violonista Bruno Kuninari, que está no exterior.

Últimas notícias