Geral

Autoridades do Paraguai participam hoje de seminário na Capital

O embaixador do Brasil no Paraguai, Eduardo dos Santos, e o ministro de Indústria e Comércio do Paraguai, Francisco Rivas Almada, além de outras autoridades e empresários daquele país, estarão nesta quarta-feira (27/10) em Campo Grande participando do Seminário e Encontro de Negócios entre Mato Grosso do Sul e Paraguai – Integrar para Desenvolver. O […]

Arquivo Publicado em 27/10/2010, às 11h35

None

O embaixador do Brasil no Paraguai, Eduardo dos Santos, e o ministro de Indústria e Comércio do Paraguai, Francisco Rivas Almada, além de outras autoridades e empresários daquele país, estarão nesta quarta-feira (27/10) em Campo Grande participando do Seminário e Encontro de Negócios entre Mato Grosso do Sul e Paraguai – Integrar para Desenvolver.

O evento vai reunir empresários sul-mato-grossenses e paraguaios nos segmentos de alimentos processados, carnes de aves e bovinas, cerâmico, construção civil, sucroenergético e vestuário. A comitiva paraguais é integrada por 18 pessoas, entre elas o presidente do Centro de Importadores, Max Haber, do presidente da Câmara Paraguaia de Supermercados, Elzaer Salemma, e o presidente da União Industrial Paraguaia, Gustavo Volpe. Está programada a assinatura, entre o Governo do Estado, a Rede de Investimentos e Exportações do Paraguai e a Fiems, de um Termo de Cooperação.

Segundo o presidente da Fiems, Sérgio Longen, o seminário e o encontro de negócios integram uma estratégia de aproximação com o país vizinho. Na semana uma missão empresarial da Fiems levou empresários sul-mato-grossenses ao 12º Congresso de Supermercados Paraguaios, realizado em Assunção, capital do Paraguai.

Integração

Atualmente, conforme levantamento do Radar Industrial da Fiems, o Paraguai é apenas o 20º destino dos produtos exportados por Mato Grosso do Sul, totalizando US$ 20,3 milhões de receita com a venda de minerais, alimentos e bebidas e siderurgia. Já com relação às importações, o Paraguai é o 12º fornecedor de mercadorias externas para o Estado, somando US$ 28,8 milhões de receita com a compra de trigo, produtos do complexo soja e produtos alimentícios.

A comitiva paraguaia chega por volta das 9h30 a Campo Grande e segue para Governadoria onde participa de reunião com o governador André Puccinelli. Já no período da tarde, a partir das 14 horas, no auditório térreo do Edifício Casa da Indústria, será realizado o Seminário Panorama de Mato Grosso do Sul e o Encontro de Negócios do Estado com o Paraguai.

Além de rodada de negócios, que será realizada em ambiente montado no saguão térreo do Edifício Casa da Indústria, também será feita uma amostra de produtos paraguaios e brasileiros nos segmentos alimentos processados, carnes de aves e bovinas, cerâmico, construção civil, sucroenergético e vestuário.

No Seminário Panorama de Mato Grosso do Sul serão feitas apresentações sobre as oportunidades de negócios no Estado, o Projeto MS Sem Fronteiras, os investimentos no setor sucroenergético, o maciço florestal sul-mato-grossense e as oportunidades de negócios com o Paraguai.

A missão de empresários paraguaios também conta com o vice-presidente da Capasul, Carlos Storm, chefe do setor de promoção comercial e turismo da Embaixada do Brasil no Paraguai, Cristiano Berbert, o diretor nacional da Rediex/MIC, Oscar Stark, o diretor de investimentos e ambiente de negócios da Rediex/MIC, Eduardo Clari, vice-presidente da UIP, Eduardo Felippo, membro da Capasul, Horacio Rey, vice-presidente do Foro Brasil, Marcelo Troche, representante da Presidência da República do Paraguai, Marcial Congo, assessor da Presidência da Associação Rural do Paraguai, Marcos Medina, e diretora-geral do gabinete do ministro da Indústria e Comércio do Paraguai, Mirtha Frutos.

Jornal Midiamax