Geral

Atento ao governo, dólar fecha acima de R$1,70

A incerteza causada pela intervenção frequente do governo empurrou a moeda norte-americana de volta ao patamar de R$ 1,70 nesta sexta-feira (22), para o maior nível desde 28 de setembro. A moeda norte-americana subiu 0,41%, vendida a R$ 1,709. Na semana, marcada por um aumento das restrições do governo ao capital especulativo e pela alta […]

Arquivo Publicado em 22/10/2010, às 20h42

None

A incerteza causada pela intervenção frequente do governo empurrou a moeda norte-americana de volta ao patamar de R$ 1,70 nesta sexta-feira (22), para o maior nível desde 28 de setembro.


A moeda norte-americana subiu 0,41%, vendida a R$ 1,709. Na semana, marcada por um aumento das restrições do governo ao capital especulativo e pela alta do juro na China, o dólar teve valorização de 2,58%.


A alta do dólar foi determinada à tarde, após uma entrevista do secretário do Tesouro, Arno Augustin, à Agência Estado. Ele afirmou que as emissões externas em reais serão frequentes, de olho no câmbio, e voltou a citar que o Fundo Soberano está pronto como uma demonstração extra de força.


Após uma semana em que o governo elevou a 6% o imposto sobre capital estrangeiro em renda fixa, elevou a taxação dos depósitos de margem de garantia na bolsa e vetou operações aos investidores não-residentes com derivativos – como o uso de cartas de fiança -, bastou uma intervenção verbal para pressionar outra vez o dólar.

Jornal Midiamax