Geral

Ary Rigo é submetido a cateterismo em hospital de SP

O deputado estadual Ary Rigo, PSDB, foi submetido a um cateterismo ontem, no hospital Albert Eistein, em São Paulo, informaram assessores. Por recomendação médica, o parlamentar deve ficar em observação até o fim de semana. Rigo já tem histórico de tratamento cardíaco. Cateterismo é um procedimento que diagnostica as condições do coração. Um tubo longo, […]

Arquivo Publicado em 20/10/2010, às 15h12

None

O deputado estadual Ary Rigo, PSDB, foi submetido a um cateterismo ontem, no hospital Albert Eistein, em São Paulo, informaram assessores. Por recomendação médica, o parlamentar deve ficar em observação até o fim de semana.

Rigo já tem histórico de tratamento cardíaco. Cateterismo é um procedimento que diagnostica as condições do coração. Um tubo longo, fino e flexível, conhecido como cateter, é posto dentro de um vaso sanguíneo e conduzido até o coração. O desfecho do exame ainda não foi divulgado pelos médicos que cuidam de Rigo.

O parlamentar pediu afastamento da Assembleia Legislativa na semana passada para recorrer ao tratamento no hospital paulista.

Dono de seis mandatos de deputado estadual, Rigo não foi reeleito nesta eleição.

Ele foi o pivô de um escândalo político que ficou conhecido no Brasil uns 15 dias antes da eleição. Ele apareceu num vídeo divulgado no youtube em que diz que dinheiro da Assembleia Legislativa era distribuído entre os poderes.

Na gravação, feita sem que o deputado soubesse, o tucano disse que o governador reeleito André Puccinelli, do PMDB, recebia R$ 2 milhões do Poder Legislativo.

Além disso, a Assembleia distribuía dinheiro a magistrados do TJ (Tribunal de Justiça) e ao Ministério Público Estadual em troca de favores. Os deputados estaduais, segundo Rigo na gravação, recebiam R$ 120 mil mensais.

Puccinelli negou o dito por Rigo. Onze dos 30 desembargadores do Tribunal de Justiça interpelaram o parlamentar. O caso é investigado pelo CNJ (Conselho Nacional de Justiça).

A corregedoria da Assembleia também prometeu apurar a questão.

Jornal Midiamax