Geral

Artuzi agora está detido no presídio federal de Campo Grande

Desde às 18 horas de ontem, o prefeito afastado de Dourados Ari Artuzi está no presídio federal de Campo Grande, na saída para Sidrolândia. A informação é da assessoria da imprensa da Polícia Federal que confirmou ter levado o prefeito à penitenciária. O presídio abriga os condenados considerados mais perigosos do País. O traficante Fernandinho […]

Arquivo Publicado em 22/10/2010, às 14h32

None

Desde às 18 horas de ontem, o prefeito afastado de Dourados Ari Artuzi está no presídio federal de Campo Grande, na saída para Sidrolândia. A informação é da assessoria da imprensa da Polícia Federal que confirmou ter levado o prefeito à penitenciária.


O presídio abriga os condenados considerados mais perigosos do País. O traficante Fernandinho Beira-Mar está no local.


Artuzi foi levado à carceragem da Polícia Federal assim que foi liberado do Hospital do Pênfigo onde passou por exames médicos. Até então, ele estava detido em uma cela do Garras (Grupo Armado de Repressão a Roubos e Seqüestros) próximo ao Shopping.

O delegado titular do Garras, Ivan Barreira, não deu maiores detalhes sobre a transferência de Artuzi. A Sejusp (Secretaria de Justiça e Segurança Pública) foi procurada, mas ainda não se manifestou.

Ontem, o prefeito foi submetido a exames após reclamar de dores na barriga. O resultado dos exames não foi divulgado. Segundo informações apuradas pelo Midiamax, nesta semana, Artuzi teria ameaçado fazer greve de fome.

Assim como os demais presos, na penitenciária federal, Artuzi ficará em cela isolada. O prefeito está detido desde 1º de setembro sob a acusação de chefiar esquema de fraudes em licitações e distribuição de propina desmantelado na Operação Uragano da Polícia Federal.

Jornal Midiamax