Após derrota contra Comercial, técnico do Misto diz que jogadores precisam ter brio

Após a derrota do Misto para o Comercial por 4 a 3 na tarde deste sábado (6), no “Madrugadão”, o técnico do “Carcará da Fronteira”, Sinval Ferreira, disse que precisa de jogadores com brio. Sinval se referiu ao fato de alguns jogadores se esforçarem ao máximo, enquanto outros pouco “Tenho cinco jogadores que se esforçam […]
| 08/03/2010
- 16:47
Após derrota contra Comercial, técnico do Misto diz que jogadores precisam ter brio

Após a derrota do Misto para o Comercial por 4 a 3 na tarde deste sábado (6), no “Madrugadão”, o técnico do “Carcará da Fronteira”, Sinval Ferreira, disse que precisa de jogadores com brio.

Sinval se referiu ao fato de alguns jogadores se esforçarem ao máximo, enquanto outros pouco “Tenho cinco jogadores que se esforçam ao máximo e outros parecem que não têm o nível de concentração. Então esses jogadores não servem no meu grupo”, disse o professor.

Questionado se haverá dispensa de jogadores, o treinador afirmou que este é um assunto de responsabilidade da diretoria, mas que alguma coisa precisa ser feita.

Frase utilizada em todas as entrevistas, Sinval disse que para contratar e para mandar jogador embora precisa de dinheiro. Ele declarou que para o jogo de quarta- feira (10) contra o União espera ter jogadores que possam ter disposição, assim como alguns que vêm correspondendo.

Quanto a derrota para o Comercial, o técnico avaliou que o Misto começou bem postado. Para ele, houve um equivoco no pênalti marcado a favor do Comercial “Foi um lance normal”.

Já o segundo gol tomado, conforme Sinval, foi em uma bobeira da zaga “Tentei fazer algumas mudanças. No intervalo tentei motivá-los, mas o terceiro gol destabilizou, fiz mais uma mudança consegui o empate, mas o quarto gol foi pelo cansaço físico”, comentou o técnico.

Para o treinador, em determinados momentos a equipe do Misto jogou com igualdade com a do Comercial “Teve momentos que sim, mas em outros não, principalmente quanto perdíamos a bola”, explicou.

Antes de tomar o quarto gol, o professor disse que pensou em fechar mais, porém precisava vencer o jogo para dar confiança, pois o time tem apenas dois pontos na tabela “Coloquei mais um atacante, tanto que ele fez o gol, mas atrás ficou desguarnecido e tomamos o quarto gol” detalhou.

Sinval comentou que o jogador Thiago possui limiar 18, porém oscila de mais “Ele é um garoto que oscila de mais. A função dele não é fazer gol, o que acaba prejudicando a zaga que fica sobrecarregada pelo posicionamento que ele faz. O Thiago não sai cansado, ele tem limiar 18, coisa que nem o Cafú tem, mas o que adianta. Ele é um baita jogador para atacar e não para defender”, detalhou dizendo que não substitui porque não tem outro “As armas que tenho são essas”.

Quanto ao goleiro, o treinador disse que em algumas saídas o Dida não foi bem, mas não viu interferência dele nos gols sofridos.

Para Sinval, o Misto ainda tem chances de se classificar, mas para isso precisa vencer “O dia que não acreditar vou embora, mas alguma coisa precisa ser feita”.

Veja também

Fenômeno foi constatado na galáxia Grande Nuvem de Magalhães

Últimas notícias