Geral

Amazonas confirma segunda morte de grávida por gripe suína

A Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas confirmou a morte de mais uma grávida por influenza A (H1N1) – gripe suína no estado. Foi a segunda morte de gestante no estado por causa da doença em 2010. Segundo a fundação, a mulher, que estava grávida de sete meses, apresentou os primeiros sintomas da gripe […]

Arquivo Publicado em 24/03/2010, às 20h32

None

A Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas confirmou a morte de mais uma grávida por influenza A (H1N1) – gripe suína no estado. Foi a segunda morte de gestante no estado por causa da doença em 2010.

Segundo a fundação, a mulher, que estava grávida de sete meses, apresentou os primeiros sintomas da gripe no dia 3 deste mês, mas procurou o atendimento médico somente dez dias depois, com quadro avançado de problemas respiratórios. O bebê escapou e está internado em estado grave, mas estável.


O estado do Amazonas já registrou cinco mortes provocadas pela gripe este ano, sendo duas gestantes. O Ministério da Saúde deu início na segunda-feira (22) à vacinação de mulheres grávidas, crianças de seis meses a dois anos de idade e doentes crônicos com menos de 60 anos contra a doença.


De acordo com a fundação amazonense, tem sido baixa a procura de grávidas pela vacina no estado. Para o órgão, um dos motivos pode ser o medo de a vacina provocar alguma deformidade no bebê. No entanto, não há contraindicação da vacina para gestantes. Pelo calendário do Ministério da Saúde, a vacinação delas vai até o dia 2 de abril.


No Piauí, o governo estadual decretou nesta semana situação de emergência depois que duas grávidas morreram com suspeita da gripe.


O estado do Amazonas aguarda o resultado de 17 exames de casos suspeitos da doença.

Jornal Midiamax