Aécio nega interesse em integrar chapa puro-sangue

O governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB), voltou a negar nesta segunda-feira a possibilidade de ser candidato a vice-presidente em uma chapa encabeçada pelo governador de São Paulo, José Serra (PSDB) –a chamada chapa puro-sangue. “Sou mestiço. Como é que vou participar de uma chapa puro-sangue? […] Nós temos um conjunto de partidos que […]
| 02/03/2010
- 02:28
Aécio nega interesse em integrar chapa puro-sangue

O governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB), voltou a negar nesta segunda-feira a possibilidade de ser candidato a vice-presidente em uma chapa encabeçada pelo governador de São Paulo, José Serra (PSDB) –a chamada chapa puro-sangue.

“Sou mestiço. Como é que vou participar de uma chapa puro-sangue? […] Nós temos um conjunto de partidos que estarão conosco. Não dá para você construir uma chapa sem ouvir esses partidos”, disse Aécio em entrevista divulgada por sua assessoria.

Perguntado se não teme ser responsabilizado por uma eventual derrota de seu partido nas próximas eleições, Aécio se mostrou irredutível. “Eu não cogito essa hipótese. Eu serei responsabilizado pelo governo que nós estamos fazendo em Minas. E tomara que seja uma bela responsabilidade. Cada um de nós é responsável pelo que constrói, pelo que faz”, disse.

O tucano também disse não acreditar que o resultado da última pesquisa Datafolha possa fazer com que Serra desista de ser o candidato do partido à Presidência. “Não se cogita nada parecido com isso. Nós estamos ainda a um longo período das eleições. Existem momentos e momentos numa caminhada eleitoral. O nosso companheiro, governador José Serra, tem todas as condições de enfrentar adequadamente essa disputa”, afirmou antes de ressaltar que só pretende se candidatar ao Legislativo. “Eu, se merecer a confiança dos mineiros, buscarei uma cadeira no Senado da República”, disse.

Puro-Sangue

Depois da queda de Serra na pesquisa Datafolha sobre a sucessão presidencial, a oposição deflagrou movimento para Aécio a disputar o Palácio do Planalto como vice na chapa do tucano.

DEM e PPS estão dispostos a conversar com Aécio e o PSDB na tentativa de convencer o governador mineiro a integrar uma chapa puro-sangue, o que na avaliação da oposição pode conter o crescimento da ministra Dilma Rousseff (Casa Civil), pré-candidata do PT.

O deputado Antônio Carlos Magalhães Neto (DEM-BA) disse que vai conversar com Aécio na quinta-feira para reiterar a posição do partido favorável ao lançamento da chapa puro sangue. “Nós do Democratas acreditamos que está é a melhor chapa da oposição na disputa presidencial. Agora, temos de convencer o governador Aécio Neves. Vamos aproveitar as homenagens a Tancredo Neves para conversar mais uma vez com ele”, afirmou.

Além do DEM, o PPS se mobiliza para aprovar manifesto em favor da chapa Serra-Aécio nas eleições de outubro. No manifesto, o PPS afirma que vem defendendo Serra para presidente e Aécio para vice desde o início das articulações para a disputa presidencial.

Últimas notícias