Geral

Ações fecham em baixa com receios sobre economia

 As bolsas de valores europeias fecharam a quinta-feira em baixa, depois que dados sobre inflação e o setor manufatureiro nos Estados Unidos apontaram um crescimento ainda lento da economia. As divulgações ofuscaram o otimismo de investidores com a temporada de resultados corporativos. O índice FTSEurofirst 300, que reúne as principais ações da região, fechou em […]

Arquivo Publicado em 15/07/2010, às 15h15

None

 As bolsas de valores europeias fecharam a quinta-feira em baixa, depois que dados sobre inflação e o setor manufatureiro nos Estados Unidos apontaram um crescimento ainda lento da economia.




As divulgações ofuscaram o otimismo de investidores com a temporada de resultados corporativos.



O índice FTSEurofirst 300, que reúne as principais ações da região, fechou em baixa de 1,14 por cento, para 1.033 pontos. Foi a maior queda percentual diária desde o dia 1o.



A confiança de investidores no ritmo de recuperação da economia foi abalada por dados mostrando que os preços ao produtor nos EUA caíram em junho pelo terceiro mês, enquanto a produção industrial teve apenas leve alta.



Mais cedo, as ações receberam impulso momentâneo dos fortes resultados divulgados pelo JPMorgan Chase.



“As preocupações sobre a situação macroeconômica são tão elevadas neste momento que mesmo bons resultados publicados por companhias não têm sido capazes de elevar o mercado”, afirmou Oliver Roth, chefe de operações do Close Brothers Seydler Bank, em Frankfurt.



Em LONDRES, o índice Financial Times fechou em baixa de 0,80 por cento, a 5.211 pontos.



Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,97 por cento, para 6.149 pontos.



Em PARIS, o índice CAC-40 recuou 1,41 por cento, para 3.581 pontos.



Em MILÃO, o índice Ftse/Mib encerrou em queda de 1,56 por cento, a 20.480 pontos.



Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 1,15 por cento, aos 10.160 pontos.



Em LISBOA, o índice PSI20 teve variação positiva de 0,06 por cento, a 7.266 pontos.

Jornal Midiamax