Geral

Acadêmicos da UEMS fazem ‘corrente humana’ em antiga rodoviária nesta manhã

Acadêmicos dos cursos da UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) em Campo Grande fazem nesta manhã [9h] uma ‘corrente humana’ em torno do Centro Comercial Terminal do Oeste – antiga rodoviária – de Campo Grande. Os comerciantes sofrem com a desativação da rodoviária, que aconteceu após a inauguração do novo terminal, na Avenida Gury Marques, […]

Arquivo Publicado em 27/03/2010, às 10h20

None

Acadêmicos dos cursos da UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) em Campo Grande fazem nesta manhã [9h] uma ‘corrente humana’ em torno do Centro Comercial Terminal do Oeste – antiga rodoviária – de Campo Grande.


Os comerciantes sofrem com a desativação da rodoviária, que aconteceu após a inauguração do novo terminal, na Avenida Gury Marques, no dia 1º de fevereiro. Os acadêmicos querem que a Prefeitura e o Governo do Estado transformem o antigo prédio em um centro de ensino.


O complexo da antiga rodoviária ocupa o quadrilátero de 31 mil metros quadrados entre as ruas Dom Aquino, Barão do Rio Branco, Joaquim Nabuco e Vasconcelos Fernandes, na região do Bairro Amambaí. Das 232 lojas que já foram parte do ‘shopping’ de Campo Grande na década de 80, sobraram 86 já na fase de decadência e hoje, quase todas já fecharam as portas.

Jornal Midiamax