Geral

4ª Zona Eleitoral lacra 110 urnas para 2º turno em Fátima do Sul

A 4ª Zona Eleitoral de Fátima do Sul concluiu na manhã de sexta-feira, 22 de outubro, o processo de inserção de dados e lacração das urnas eletrônicas que serão usadas no segundo turno das eleições 2010. Em Mato Grosso do Sul a votação será apenas para presidente da República. Segundo dados do Tribunal Regional Eleitoral […]

Arquivo Publicado em 23/10/2010, às 13h53

None

A 4ª Zona Eleitoral de Fátima do Sul concluiu na manhã de sexta-feira, 22 de outubro, o processo de inserção de dados e lacração das urnas eletrônicas que serão usadas no segundo turno das eleições 2010. Em Mato Grosso do Sul a votação será apenas para presidente da República. Segundo dados do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) são 22.450 eleitores cadastrados na zona eleitoral.

Uma equipe técnica do TRE e funcionários do cartório da 4ª Zona foram os responsáveis pela inserção dos dados. Para este segundo turno, 110 urnas receberão as informações específicas de cada seção; eleitores e os dados dos dois candidatos à Presidência. Desse total, 81 são destinadas efetivamente à votação e 22 urnas vão para a chamada reserva de contingência.

Os procedimentos de “inseminação” foram os mesmos do primeiro turno. As informações foram carregadas, depois as urnas receberão lacres assinados pelo juiz e promotor eleitorais, após a conferência dos dados. Uma vez lacrada, a urna fica inoperante e só funcionará no dia da eleição.

A 4ª Zona Eleitoral de Mato Grosso do Sul, que além de Fátima do Sul, abrange os municípios de Vicentina e Jateí, contará com 88 seções em 17 locais de votação, foram convocados mais de 300 mesários. Em Fátima do Sul que conta com 14.425 eleitores, serão 55 seções, divididas em 8 locais de votação. Os 3.451 eleitores do município de Jateí votarão em 14 seções, divididas em 4 locais de votação. Já Vicentina que conta 4.574 eleitores aptos, votarão em 19 seções, que estará funcionando em 5 locais de votação.

Em Fátima do Sul, a votação será pelo sistema biométrico, enquanto que nos outros dois municípios, pelo sistema normal de urnas eletrônicas.

Jornal Midiamax