Geral

Votação em Brasília será a mais demorada

A votação no Distrito Federal poderá ser mais longa e se estender além do prazo de 17h, chegando até as 22h do dia 6 de outubro. A estimativa é do coordenador eleitoral do Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal (TRE-DF), Elindson Mendes. Ele alertou, contudo, que somente poderá votar quem se apresentar na seção eleitoral […]

Arquivo Publicado em 01/01/2000, às 12h00

None

A votação no Distrito Federal poderá ser mais longa e se estender além do prazo de 17h, chegando até as 22h do dia 6 de outubro. A estimativa é do coordenador eleitoral do Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal (TRE-DF), Elindson Mendes. Ele alertou, contudo, que somente poderá votar quem se apresentar na seção eleitoral antes das 17h, para retirar senha, caso haja fila.

A previsão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) é de que os resultados do País já estejam totalizados enquanto Brasília estará fechando as portas das sessões eleitorais. A apuração deve terminar apenas no dia seguinte na capital federal.

A expectativa da eleição mais demorada em Brasília se deve ao grande número de eleitores por seção, condição agravada pelo número espaços a serem preenchidos na urna. O Distrito Federal é o 19° colégio eleitoral do País, com 1.518.438 eleitores. Serão utilizadas 3.695 urnas eletrônicas nas eleições de outubro.

Ao todo, o Distrito Federal tem 17 zonas eleitorais. O eleitor brasiliense deverá escolher entre 8 candidatos ao governo, 15 ao senado, 111 à Câmara Federal e 648 à Câmara Distrital.

Jornal Midiamax