Geral

Vítimas têm dúvidas quanto a suspeito de estupros no Aero Rancho

Há pouco, a delegada Maria Rita do Nascimento, da Delegacia da Mulher de Campo Grande, disse que as vítimas de estupros no bairro Aero Rancho não tiveram certeza na identificação do suspeito. O acusado foi Roberto da Silva Gomes. “Nenhuma das vítimas identificaram com certeza o acusado. Todas elas tiveram dúvidas, afirmaram que era parecido, […]

Arquivo Publicado em 01/01/2000, às 12h00

None

Há pouco, a delegada Maria Rita do Nascimento, da Delegacia da Mulher de Campo Grande, disse que as vítimas de estupros no bairro Aero Rancho não tiveram certeza na identificação do suspeito. O acusado foi Roberto da Silva Gomes.

“Nenhuma das vítimas identificaram com certeza o acusado. Todas elas tiveram dúvidas, afirmaram que era parecido, que podia ser, mas ninguém garantiu que ele era o responsável pelo crime”, comentou a delegada ao falar sobre a dificuldade na identificação do criminoso.

Roberto foi preso na noite da última segunda-feira, por uma tentativa de assalto ocorrida no último dia 18, quando a vítima S.A.O.S. conseguiu desarmá-lo, sendo socorrida por populares. Roberto e um cúmplice fugiram, abandonando suas bicicletas no local.

A delegada informou que as características físicas do suspeito e a maneira como ele abordou a vítima durante o assalto (usando uma bicicleta), levou a crer que ele podia estar envolvido nos nove estupros ocorridos de julho a agosto no bairro. Roberto confirmou a tentativa de assalto, mas negou os estupros.

Segundo a delegada, o acusado continua preso pelo crime de roubo, mas já está sendo solicitado a transformação da acusação para o estupro, que é um crime mais grave. “Estamos fazendo todas as investigações, com muita cautela, mas até o momento ela não avançou”, concluiu.

Jornal Midiamax