Geral

TSE determina exibição de propaganda eleitoral gratuita hoje

O presidente em exercício do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Sepúlveda Pertence, determinou que a propaganda eleitoral gratuita dos candidatos à Presidência da República seja veiculada excepcionalmente pelas emissoras de televisão hoje, das 19h30min às 19h55min, em razão de problemas técnicos ocorridos na transmissão do programa de ontem à noite. O autor da reclamaçã...

Arquivo Publicado em 01/01/2000, às 12h00

None

O presidente em exercício do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Sepúlveda Pertence, determinou que a propaganda eleitoral gratuita dos candidatos à Presidência da República seja veiculada excepcionalmente pelas emissoras de televisão hoje, das 19h30min às 19h55min, em razão de problemas técnicos ocorridos na transmissão do programa de ontem à noite. O autor da reclamação junto ao TSE foi o candidato do PSDB, José Serra.

No despacho, o ministro decidiu deferir o pedido de Serra e ordenou a formação de cadeia nacional obrigatória de televisão, não só para a retransmissão do programa do candidato da coligação Grande Aliança, mas também de toda a propaganda relativa à eleição presidencial do programa noturno de sábado à noite.

Na reclamação, o advogado de José Serra, Eduardo Alckmin, disse que seu cliente foi prejudicado no programa noturno, que tem uma audiência maior, pela falta de som por cerca de 33 segundos em dois quadros da propaganda.

No relatório apresentado ao Tribunal, os técnicos da Brasil Telecom e da Rede Minas informaram que o tempo total de paralisação de áudio do programa foi de 32 segundos. Os técnicos registraram também a ocorrência da falta de sincronismo, devido à diferença entre o som e imagem.

Jornal Midiamax