Geral

Setores do empresariado podem deixar Ciro em favor de Lula

Oded Grajew, presidente do Instituto Ethos, está articulando a transferência do apoio do empresariado da candidatura Ciro Gomes para Lula. A mudança se deve à desconfiança de que José Serra (PSDB) não chegará ao segundo turno. Ciro Gomes, da Frente Trabalhista, não teria conseguido ainda cativar o setor. Grajew colaborou na elaboração do programa de […]

Arquivo Publicado em 01/01/2000, às 12h00

None

Oded Grajew, presidente do Instituto Ethos, está articulando a transferência do apoio do empresariado da candidatura Ciro Gomes para Lula. A mudança se deve à desconfiança de que José Serra (PSDB) não chegará ao segundo turno. Ciro Gomes, da Frente Trabalhista, não teria conseguido ainda cativar o setor.

Grajew colaborou na elaboração do programa de governo petista: “importantes líderes empresariais têm me telefonado e garantido que arregaçarão as mangas por Lula, afirmou. O vice-presidente da Fiesp, Mário Bernardini, diz que o empresariado está torcendo para uma reação de Serra, mas ele próprio admite escolher Lula no segundo turno.

Jornal Midiamax