Geral

Serra diz que acordo com FMI aumenta segurança econômica

O candidato do PSDB, José Serra, disse há pouco, depois de encontro com o presidente Fernando Henrique Cardoso, que o acordo firmado pelo governo com o Fundo Monetário Internacional (FMI) foi bom e superou suas expectativas. “Não esperava que o resultado fosse tão favorável”, afirmou Serra, destacando que o acordo não implicará sacríficios adicionais à […]

Arquivo Publicado em 01/01/2000, às 12h00

None

O candidato do PSDB, José Serra, disse há pouco, depois de encontro com o presidente Fernando Henrique Cardoso, que o acordo firmado pelo governo com o Fundo Monetário Internacional (FMI) foi bom e superou suas expectativas. “Não esperava que o resultado fosse tão favorável”, afirmou Serra, destacando que o acordo não implicará sacríficios adicionais à economia brasileira e aumentará a segurança econômica para o futuro.

Segundo Serra, o acordo apresenta taxas de juros baixas – 5,27% ao ano – e prazos longos para o pagamento. Ele disse que o FMI colocará à disposição do governo brasileiro US$ 30 bilhões e que mais US$ 7 bilhões sairão dos Bancos Mundial (Bird) e Interamericano de Desenvolvimento(BID). Destes recursos, US$ 8 bilhões poderão ser utilizados ainda neste ano. Serra lembrou que vinha defendendo o acordo com o FMI, mesmo antes dele ter sido concluído pela equipe econômica.

Jornal Midiamax