Geral

Seqüestradores de empresário serão denunciados por promotores

O Ministério Público (MP) deve oferecer na próxima semana denúncia contra os envolvidos no seqüestro do empresário Néris Dutra, dono do Hotel Signus, em Amambai, desaparecido desde o dia 17 de maio. O preço do resgate seria de US$ 200 mil. Estão presos em Campo Grande, desde o dia 22, os PMs Inácio Pereira (sargento) […]

Arquivo Publicado em 01/01/2000, às 12h00

None

O Ministério Público (MP) deve oferecer na próxima semana denúncia contra os envolvidos no seqüestro do empresário Néris Dutra, dono do Hotel Signus, em Amambai, desaparecido desde o dia 17 de maio. O preço do resgate seria de US$ 200 mil. Estão presos em Campo Grande, desde o dia 22, os PMs Inácio Pereira (sargento) e Jubefelix Pereira Lima (cabo), além do policial civil Olívio Andrade Bittencourt.

Os promotores de Justiça podem denunciar também outros acusados, mas a equipe trabalha sob sigilo, já que o caso envolve policiais. Uma equipe da Polícia Civil ainda faz investigações em Amambaí.

Jornal Midiamax