Geral

Real Madri não aceita quantia pedida pelo Inter por Ronaldinho

A negociação entre Inter de Milão e Real Madri por Ronaldinho continua. O clube italiano definiu o quanto quer para vender o craque ao time espanhol: 45 milhões de euros, mais os passes de Solari e Morientes. Essa foi à pedida anunciada pelo diretor-geral do clube milanês, Massimo Moretti. Mas os dirigentes da equipe merengue […]

Arquivo Publicado em 01/01/2000, às 12h00

None

A negociação entre Inter de Milão e Real Madri por Ronaldinho continua. O clube italiano definiu o quanto quer para vender o craque ao time espanhol: 45 milhões de euros, mais os passes de Solari e Morientes.

Essa foi à pedida anunciada pelo diretor-geral do clube milanês, Massimo Moretti. Mas os dirigentes da equipe merengue não concordaram e responderam que estão dispostos a pagar 48 milhões de euros, no máximo. E da seguinte forma: 18 milhões de euros e os passes de Solari e Morientes. A diferença, nesse caso, é enorme: 17 milhões de euros entre o que o Inter pede e o Real se dispõe a pagar.

Apesar das dificuldades na transação, o procurador de Ronaldinho, Alexandre Martins, está confiante no sucesso da operação. Ele é quem está negociando pelo clube madrileno e, conforme o site do diário espanhol Marca, garantiu que o Fenômeno voltará ao futebol espanhol. “Temos que esperar, mas sabemos que existem muitas possibilidades de ele jogar no clube. No fim, ele será jogador do Real”, garantiu Alexandre Martins.

Mas no domingo o presidente do Inter, Massimo Moratti, demonstrou que a negociação não está tão bem encaminha assim. Ele disse que são poucas as chances de o artilheiro da última Copa do Mundo deixar o clube milão. “Existe mais de 80% de possibilidades de Ronaldinho ficar no Inter. Aliás, eu diria que são de 100% as possibilidades de ele permanecer”, disse ao Marca.

Jornal Midiamax