Geral

Projeto Imagens Brasil Telecom chega ao MS no dia 29 deste mês

A partir do dia 29 de agosto, moradores de diversos municípios de Mato Grosso do Sul terão acesso, em primeira mão, às sessões promovidas pelo projeto Imagens Brasil Telecom de documentários e curtas-metragens premiados, no país e no exterior. Para a sessão de abertura foi escolhido o documentário “Um dia qualquer” de Zuenir Ventura, autor […]

Arquivo Publicado em 01/01/2000, às 12h00

None

A partir do dia 29 de agosto, moradores de diversos municípios de Mato Grosso do Sul terão acesso, em primeira mão, às sessões promovidas pelo projeto Imagens Brasil Telecom de documentários e curtas-metragens premiados, no país e no exterior.

Para a sessão de abertura foi escolhido o documentário “Um dia qualquer” de Zuenir Ventura, autor de livros como “1968 – O ano que não terminou”. Ventura é considerado um dos maiores jornalistas do país e estará presente na noite de estréia do projeto em Campo Grande. Será exibido ainda o curta: “A pessoa é para o que nasce”, de Roberto Berliner.

A sessão do dia 29 de agosto acontece às20h, no auditório da FIEMS (Casa da Indústria ), que fica na Avenida Afonso Pena, 1.206, em Campo Grande. Além do diretor do documentário, demais coordenadores do projeto e autoridades locais estarão presentes.

Com o objetivo de formar novas platéias e difundir o cinema brasileiro, o novo circuito exibirá , até o fim do ano, oito programas diferentes, sempre com filmes de altíssima qualidade e que não foram apresentados pelos canais abertos.

Não serão exibidas apenas as produções dos grandes centros. Os espectadores terão acesso também a documentários e curtas produzidos em diferentes regiões do país.

O projeto terá duas vertentes: a estudantil, que promoverá exibições em universidades e escolas de ensino médio, e a comunitária, dirigida à população com difícil acesso aos bens culturais, seja por motivos econômicos ou geográficos. A programação incluirá, sempre que possível, debates com os autores dos documentários, jornalistas, formadores de opinião ou estudiosos dos temas abordados nos filmes.

O Imagens Brasil Telecom é desenvolvido em Mato Grosso do Sul por três agentes culturais: o cineasta Alexandre Basso, a publicitária Rejane Moreira e a jornalista Karita Cristina, especialmente contratados pelo projeto. No Estado o projeto conta, ainda, com o apoio da Fundação de Cultura e da Secretaria de Meio Ambiente, Cultura e Turismo. O projeto está sendo desenvolvido também em Goiás e no Mato Grosso.

Jornal Midiamax