Geral

Projeto do Banco do Brasil deve alfabetizar 1.686 pessoas no MS

O projeto “BB Educar” do Banco do Brasil vai alfabetizar cerca de 1.686 pessoas neste ano. Os alunos serão distribuídos em 69 turmas nas seguintes cidades: Caarapó (uma turma), Camapuã (cinco turmas), Campo Grande (nove turmas), Corumbá (25 turmas), Dourados (25 turmas), Glória de Dourados (duas turmas) e São Gabriel do Oeste (duas 2 turmas). […]

Arquivo Publicado em 01/01/2000, às 12h00

None

O projeto “BB Educar” do Banco do Brasil vai alfabetizar cerca de 1.686 pessoas neste ano. Os alunos serão distribuídos em 69 turmas nas seguintes cidades: Caarapó (uma turma), Camapuã (cinco turmas), Campo Grande (nove turmas), Corumbá (25 turmas), Dourados (25 turmas), Glória de Dourados (duas turmas) e São Gabriel do Oeste (duas
2 turmas).

O BB Educar surgiu em 1992, quando um grupo de funcionários do Banco do Brasil tomou a iniciativa de escolarizar colegas da carreira de serviços gerais (carpinteiros, eletricistas, pedreiros, pintores, etc). O programa visa alfabetizar jovens e adultos, e conta com a participação de alfabetizadores voluntários, capacitados por instrutores do Banco do Brasil.

Em 2001, foram alfabetizadas 1.040 pessoas em Mato Grosso do Sul, através do BB Educar, sendo a maioria mães vinculadas ao Programa Bolsa Escola, conforme convênio realizado entre a Fundação Banco do Brasil e o Governo do Estado de Mato Grosso do Sul.

No Brasil, quase 81 mil pessoas já foram alfabetizadas pelo BB Educar, e outros 52 mil cidadãos encontram-se em processo de alfabetização.

Jornal Midiamax