Geral

Presidente da Argentina estuda aumento de salários

O presidente argentino, Eduardo Duhalde, afirmou nesta quinta-feira que o governo estuda um aumento salarial para equilibrar poder aquisitivo da população. De acordo com o presidente a proposta será negociada com empresários e sindicatos, uma vez que é preciso saber que setores podem conceder aumentos nos rendimentos. Atualmente o salário-mínimo no país está em 250 […]

Arquivo Publicado em 01/01/2000, às 12h00

None

O presidente argentino, Eduardo Duhalde, afirmou nesta quinta-feira que o governo estuda um aumento salarial para equilibrar poder aquisitivo da população.

De acordo com o presidente a proposta será negociada com empresários e sindicatos, uma vez que é preciso saber que setores podem conceder aumentos nos rendimentos. Atualmente o salário-mínimo no país está em 250 pesos ou US$ 69. As informações são da Globo News.

Jornal Midiamax