Geral

PP disputará 18 das 78 prefeituras de MS

Atualmente sem prefeitos em Mato Grosso do Sul, o PP planeja disputar em outubro o comando de pelo menos 18 das 78 prefeituras do Estado. A prioridade do partido é a eleição nas três maiores cidades: Campo Grande, Dourados e Corumbá. “Temos pré-candidatos nos três municípios”, destacou o presidente regional da sigla, deputado estadual Alcides […]

Arquivo Publicado em 01/01/2000, às 12h00

None

Atualmente sem prefeitos em Mato Grosso do Sul, o PP planeja disputar em outubro o comando de pelo menos 18 das 78 prefeituras do Estado. A prioridade do partido é a eleição nas três maiores cidades: Campo Grande, Dourados e Corumbá. “Temos pré-candidatos nos três municípios”, destacou o presidente regional da sigla, deputado estadual Alcides Bernal.


Na Capital, o mais cotado para entrar na batalha eleitoral é o próprio parlamentar. Em Corumbá, o presidente da Câmara Municipal, vereador Evander Vendramini, tenta viabilizar seu nome. “Em Dourados, temos dois pré-candidatos”, acrescentou Bernal.


Indagado sobre a meta do partido para as eleições municipais, o deputado preferiu não estimar vitórias. “Como estamos sem nenhum prefeito no Estado, nossa meta é atingir o máximo possível”, disse. Até outubro do ano passado, prazo final para filiação de pré-candidatos, o PP comandava interinamente a Prefeitura de Jaraguari. “Mas o André (governador André Puccinelli) foi lá e convenceu o prefeito a trocar o PP pelo PMDB”, alfinetou o dirigente progressista.


Na disputa por vagas nas Câmaras Municipais, Bernal adiantou que o PP terá candidatos “em praticamente todos os municípios sul-mato-grossenses”. “Para você ter uma ideia, em 2008, o partido não lançou nem sequer um candidato a vereador em Dourados, segundo maior colégio eleitoral do Estado”, observou o deputado. “Agora será diferente”, finalizou. 

Jornal Midiamax