Geral

Ofendidos com denúncias de André vestiram a carapuça, afirma Moka

O presidente regional do PMDB, deputado federal Waldemir Moka, disse que os ofendidos com a declaração do prefeito André Puccinelli, segunda a qual há compra de políticos pelo governo o Estado, vestiram a carapuça. “O André não citou nomes”, explica. Já com relação às denúncias de desvio de R$ 4,8 milhões do Fundo de Amparo […]

Arquivo Publicado em 01/01/2000, às 12h00

None

O presidente regional do PMDB, deputado federal Waldemir Moka, disse que os ofendidos com a declaração do prefeito André Puccinelli, segunda a qual há compra de políticos pelo governo o Estado, vestiram a carapuça. “O André não citou nomes”, explica.

Já com relação às denúncias de desvio de R$ 4,8 milhões do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), a história seria diferente, pois foram indicados os culpados. “Ocorreu tomada especial de preços, e 17 integrantes do governo do Estado foram responsabilizados”, afirmou. O dinheiro do FAT é repassado a entidades (como sindicatos e associações) para realização de cursos profissionalizantes.

As denúncias devem vir ao ar no programa político do PMDB nesta noite. Moka disse que prefere não adiantar detalhes sobre o que o partido enfocará.

Jornal Midiamax