Geral

Novas acusações contra árbitro do jogo de Coréia do Sul x Itália

O Jornal japonês “Shukan Bunshu” publicou nesta quarta-feira que o árbitro equatoriano Byron Moreno teria enriquecido após apitar o confronto entre Coréia do Sul e Itália pelas oitavas-de-final da Copa do Mundo de 2002. Na ocasião os sul-coreanos venceram por 2 a 1 e eliminaram os italianos, que reclamaram muito da atuação do equatoriano. Segundo […]

Arquivo Publicado em 01/01/2000, às 12h00

None

O Jornal japonês “Shukan Bunshu” publicou nesta quarta-feira que o árbitro equatoriano Byron Moreno teria enriquecido após apitar o confronto entre Coréia do Sul e Itália pelas oitavas-de-final da Copa do Mundo de 2002. Na ocasião os sul-coreanos venceram por 2 a 1 e eliminaram os italianos, que reclamaram muito da atuação do equatoriano.

Segundo o jornal, que fala em enriquecimento ilícito, Byron teria deixado Seul após o Mundial e seguido para Miami, onde passou férias com muito conforto, comprou um automóvel último modelo e pagou suas dívidas.

Após o jogo, em que Byron anulou dois legítimos gols italianos, a imprensa da Itália chegou a sugerir que o equatorianos tinha sido “comprado” pelos dirigentes da Coréia do Sul.

Jornal Midiamax