Geral

Mulheres são principais vítimas da Aids

As mulheres não estão seguras em relação aos casos de Aids. Ao contrário, é entre elas que a doença mais avançou. No início dos anos 80, a contaminação era de uma mulher para 21 homens. Atualmente a proporção se aproxima de um para um. Em Mato Grosso do Sul, a média é um pouco mais […]

Arquivo Publicado em 01/01/2000, às 12h00

None

As mulheres não estão seguras em relação aos casos de Aids. Ao contrário, é entre elas que a doença mais avançou. No início dos anos 80, a contaminação era de uma mulher para 21 homens. Atualmente a proporção se aproxima de um para um. Em Mato Grosso do Sul, a média é um pouco mais favorável, porém não menos preocupante. Para cada dois homens contaminados, existe uma mulher na mesma situação. Os números são da Secretaria de Estado de Saúde. Não há também motivos para discriminar aquele ou esse grupo de pessoas pelo comportamento sexual. Nas notificações aparece que o meio de transmissão, em 61,8%, foram as relações sexuais. A maioria era heterossexual. Apenas 11,9% de homossexuais, vistos antigamente como as principais vítimas.

Jornal Midiamax