Geral

Mesmo com candidatura impugnada Vander Loubet inaugura comitê

Nesta segunda-feira, 12 de agosto, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de Mato Grosso do Sul não aceitou o registro de candidatura de Vander Loubet (PT) a deputado federal. Os motivos dessa cassação foram o uso de documento público falsificado (carteira de motorista) e a investigação que a Justiça Federal instaurou sobre um acordo firmado entre […]

Arquivo Publicado em 01/01/2000, às 12h00

None

Nesta segunda-feira, 12 de agosto, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de Mato Grosso do Sul não aceitou o registro de candidatura de Vander Loubet (PT) a deputado federal.

Os motivos dessa cassação foram o uso de documento público falsificado (carteira de motorista) e a investigação que a Justiça Federal instaurou sobre um acordo firmado entre Vander e empresários do Estado, onde o petista, em troca de apoio, daria aos empresários 53 cargos no governo do Estado.

Mas esses “probleminhas” não foram suficientes para Vander Loubet diminuir a sua campanha eleitoral. Ontem, o candidato inaugurou seu comitê, que de acordo a estimativa da Polícia Militar de Campo Grande, havia mais de dez mil pessoas.

Segundo o advogado de Vander, Newley Amarilha, um recurso será movido no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) até quinta-feira com o objetivo de evitar que a candidatura do petista seja impugnada.

Mas até lá, o advogado esclareceu que Vander poderá continuar normalmente a sua campanha: “A lei garante que, enquanto o caso esteja em julgamento, ele possa continuar a campanha. Trata-se de um candidato homologado em convenção do partido, e cuja candidatura foi registrada na justiça eleitoral”.

Jornal Midiamax