Geral

Marun: “O Estado está ficado para trás como governo do Zeca”

“Mato Grosso vê nosso Estado pelo retrovisor”. Essa foi a afirmação do candidato ao governo do Estado pela Coligação “Frente Ampla”, Carlos Marun (PTB), que está no auditório da Federação de Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul (Famasul), em Campo Grande, em debate com a classe ruralista. Segundo o candidato, quando houve a […]

Arquivo Publicado em 01/01/2000, às 12h00

None

“Mato Grosso vê nosso Estado pelo retrovisor”. Essa foi a afirmação do candidato ao governo do Estado pela Coligação “Frente Ampla”, Carlos Marun (PTB), que está no auditório da Federação de Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul (Famasul), em Campo Grande, em debate com a classe ruralista.

Segundo o candidato, quando houve a divisão do Estado, Mato Grosso era totalmente contra, mas hoje está à frente de Mato Grosso do Sul, por isso o termo: “Mato Grosso vê nosso Estado pelo retrovisor”.

Para Marun, o governador José Orcírio Miranda dos Santos (Zeca do PT) teve toda a condição de mudar o Estado, pois não foi eleito pela classe política, e sim pelo povo. “Mas o governador deixou tudo como estava, deixando o Estado cada vez mais para trás, sem perspectiva”, declarou.

Jornal Midiamax