Geral

Maluf não vai a debate e é criticado por adversários

Os principais adversário de Paulo Maluf (PPB) na disputa pelo governo do Estado de São Paulo criticaram sua ausência no primeiro debate promovido pela Bandeirantes, hoje, iniciado às 21h30. Participam do encontro os sete principais candidatos: o governador Geraldo Alckmin (PSDB), José Genoino (PT), Antônio Cabrera (PTB), Fernando Morais (PMDB), Carlos Pittoli (PSB), Ciro Moura […]

Arquivo Publicado em 01/01/2000, às 12h00

None

Os principais adversário de Paulo Maluf (PPB) na disputa pelo governo do Estado de São Paulo criticaram sua ausência no primeiro debate promovido pela Bandeirantes, hoje, iniciado às 21h30.

Participam do encontro os sete principais candidatos: o governador Geraldo Alckmin (PSDB), José Genoino (PT), Antônio Cabrera (PTB), Fernando Morais (PMDB), Carlos Pittoli (PSB), Ciro Moura (PTC), Carlos Apolinário (PGT), Robson Malek (Prona) e Antônio Pinheiro Pedro (PV).

O primeiro bloco do debate foi marcado por críticas à ausência de Maluf e pela defesa e recuperação dos postos de emprego como prioridade.

José Genoino (PT) chamou a desistência de Maluf de “desrespeito à democracia” e aos eleitores. Geraldo Alckmin (PSDB) disse que a ausência do pepebista é uma forma de se esconder, e que fugir do debate é um ato que “ofende o eleitor”.

Fernando Morais (PMDB) disse que isso não o surpreende, pois não seria a primeira vez em que Maluf “foge de um debate democrático”.

Jornal Midiamax