Geral

Ibope: Pesquisa vai mostrar que Ciro perdeu pontos

A próxima pesquisa Ibope vai mostar queda significativa do candidato da Frente Trabalhista à presidência, Ciro Gomes, segundo antecipa em artigo a jornalista Cristiana Lobo, da GloboNews. Segundo a nota, o desempenho de Ciro caiu em decorrência dos ataques dos adversários, principalmente Serra que tem insistido que Ciro é mentiroso. Além disso, o comportamento de […]

Arquivo Publicado em 01/01/2000, às 12h00

None

A próxima pesquisa Ibope vai mostar queda significativa do candidato da Frente Trabalhista à presidência, Ciro Gomes, segundo antecipa em artigo a jornalista Cristiana Lobo, da GloboNews.

Segundo a nota, o desempenho de Ciro caiu em decorrência dos ataques dos adversários, principalmente Serra que tem insistido que Ciro é mentiroso.

Além disso, o comportamento de Ciro na última semana, quando o candidato se irritou com jornalistas e deus respostas grosseiras a empresários, pode ter levantado dúvida no eleitorado sobre sua semelhança com o ex-presidente Collor.

Segundo a jornalista, Ciro também perde pontos nas simulações de segundo turno em que o adversário apresentado é Luiz Inácio Lula da Silva, do PT. Nas últimas pesquisas, de todos os institutos, Ciro aparecia como vencedor sobre Lula. Agora, ele empata. Os candidatos Lula e José Serra, do PSDB ganham eleitores com a queda de Ciro. Nas pesquisas da semana, aumenta o contingente de eleitores indecisos.

O processo de queda da aceitação de Ciro por parte do eleitorado das capitais e segmetos mais escolarizados, registrado nas duas últimas semanas em pesquisa Ibope, pode estar se propagando para cidades médias.

Por isso, o resultado final da pesquisa o afeta diretamente. Junto com a queda de Ciro Gomes, as pesquisas da semana mostram que amplia o número de indecisos – um processo considerado natural pelos pesquisadores. O eleitor deixa um candidato e fica indeciso até seguir para outro postulante. Parte dos votos se divide entre José Serra e Lula.

Desde quarta-feira, Ciro Gomes se recolheu para gravar programas eleitorais e tem evitado compromissos públicos.

Jornal Midiamax