Geral

Governo instala 120 postos para atender dependentes de drogas

O Ministério da Saúde deverá implantar até o próximo ano, cerca de 120 postos de atendimento comunitário, que devem auxiliar os dependentes químicos em sua reabilitação e também educar a população e familiares por meio de campanhas de orientação. De acordo com a diretora de assistências técnicas do Ministério da Saúde, Sônia Barros, esta iniciativa […]

Arquivo Publicado em 01/01/2000, às 12h00

None

O Ministério da Saúde deverá implantar até o próximo ano, cerca de 120 postos de atendimento comunitário, que devem auxiliar os dependentes químicos em sua reabilitação e também educar a população e familiares por meio de campanhas de orientação. De acordo com a diretora de assistências técnicas do Ministério da Saúde, Sônia Barros, esta iniciativa faz parte do Programa Nacional de Atenção Comunitária Integrada aos Usuários de Álcool e outras Drogas, que foi criado na semana passada, e que vai dar o suporte necessário às pessoas que estão envolvidas com drogas, oferecendo um serviço de orientação e reabilitação psicológica e social, e dessa forma combater o preconceito e a discriminação sofrida pelos dependentes químicos.
A diretora afirma que o dependente tem que ser visto como um doente e para isto necessita de um tratamento médico especializado.
O Governo Federal estará investindo R$ 21 milhões na implantação dos postos de atendimento e R$ 2 milhões na capacitação de pessoal. A meta do ministério é que em três anos cerca de 250 postos estejam funcionando.
As informações são da Agência Brasil.

Jornal Midiamax