Geral

Dívida do município de Dourados chega a R$ 178 milhões

A prefeitura de Dourados divulgou que a dívida do município alcança R$ 178 milhões. O débito é com bancos, com a Previdência e precatórios. O prefeito Laerte Tetila (PT) apresentou o número durante prestação de contas, feita na Câmara Municipal na tarde de hoje. Só o Banco Pontual tem cerca de R$ 60 milhões para […]

Arquivo Publicado em 01/01/2000, às 12h00

None

A prefeitura de Dourados divulgou que a dívida do município alcança R$ 178 milhões. O débito é com bancos, com a Previdência e precatórios. O prefeito Laerte Tetila (PT) apresentou o número durante prestação de contas, feita na Câmara Municipal na tarde de hoje.

Só o Banco Pontual tem cerca de R$ 60 milhões para receber da prefeitura. A origem da dívida está numa operação, chamada de Antecipação da Receita Orçamentária (ARO), envolvendo o empréstimo de R$ 2,5 milhões, tomado no início da década de 90. Segundo a prefeitura, a política de juros do governo federal multiplicou por 24 vezes o valor de débito.

Para a Previdência Social, o município deve cerca de R$ 50 milhões e para o FAS (Fundo de Assistência Social), mais R$ 17 milhões. Além disso, há dívidas de R$ 10 milhões com o BCN, hoje controlado pelo Bradesco, e cerca de R$ 14 milhões em precatórios (dívidas judiciais), incluindo o da Prodados, no valor de R$ 7 milhões. As informações foram repassadas pela Assessoria de Comunicação da Prefeitura.

Jornal Midiamax