Geral

Desvio do FAT envolve 17 integrantes do governo, diz Moka

O deputado federal Waldemir Moka (PMDB) afirma que o desvio de R$ 4 milhões do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) envolve 17 integrantes do governo do Estado. “Eles ainda insistem em culpar as entidades que fizeram os cursos, mas os responsáveis são eles que administraram os recursos”, afirmou. O FAT é usado em programas […]

Arquivo Publicado em 01/01/2000, às 12h00

None

O deputado federal Waldemir Moka (PMDB) afirma que o desvio de R$ 4 milhões do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) envolve 17 integrantes do governo do Estado. “Eles ainda insistem em culpar as entidades que fizeram os cursos, mas os responsáveis são eles que administraram os recursos”, afirmou. O FAT é usado em programas de qualificação profissional por meio de cursos, promovidos por sindicato e associações. Ano passado, as denúncias envolveram o desvio de pelo menos R$ 220 mil do fundo.

Jornal Midiamax