Geral

Contrabando de gado é investigado há 20 dias pelo Iagro

A Agência Estadual de Defesa e Sanidade Animal e Vegetal (Iagro)investa há 20 dias denúncias de contrabando de gado na fronteira. Vinte técnicos, fiscais em agropecuária e servidores estão na região de Ponta Porá, apurando as denúncias. Segundo o diretor-presidente do Iagro, Loacir Silva, por enquanto nada está confirmado. “Comprovação, só teremos quando eles (os […]

Arquivo Publicado em 01/01/2000, às 12h00

None

A Agência Estadual de Defesa e Sanidade Animal e Vegetal (Iagro)investa há 20 dias denúncias de contrabando de gado na fronteira. Vinte técnicos, fiscais em agropecuária e servidores estão na região de Ponta Porá, apurando as denúncias.
Segundo o diretor-presidente do Iagro, Loacir Silva, por enquanto nada está confirmado. “Comprovação, só teremos quando eles (os fiscais e técnicos) concluírem o relatório”, afirmou. Ele disse ainda que a equipe permanecerá na fronteira o tempo necessário para investigações.
Silva explica que o contrabando de gado é vantajoso, pois no Paraguai o bezerro em pé vale R$ 300, e no Brasil pode ser vendido por R$ 380.

Jornal Midiamax