Geral

Concorrência: essa é a causa da queda do preço da gasolina

Ontem foi divulgado pela Agência Nacional do Petróleo (ANP) o preço da gasolina praticado em Campo Grande. Segundo a pesquisa, realizada entre os dias 04 e 10 de agosto, a gasolina caiu R$ 0,033, tendo o preço médio em R$ 1,755 o litro. “Essa queda se deve pela concorrência, não há nenhum outro indício”, declara […]

Arquivo Publicado em 01/01/2000, às 12h00

None

Ontem foi divulgado pela Agência Nacional do Petróleo (ANP) o preço da gasolina praticado em Campo Grande. Segundo a pesquisa, realizada entre os dias 04 e 10 de agosto, a gasolina caiu R$ 0,033, tendo o preço médio em R$ 1,755 o litro.

“Essa queda se deve pela concorrência, não há nenhum outro indício”, declara Maria Alice Guarnieri, supervisora do Sindicato do Comércio e Varejistas dos Derivados de Petróleo e Lubrificantes de MS.

E a causa da concorrência é devido a liberação dos combustíveis nas refinarias, que ocorreu em janeiro deste ano, quando José Jorge comandava o ministério.

Segundo o relatório da ANP, o preço máximo da gasolina encontrado em Campo Grande é de R$ 1,879, e o preço mínimo de R$ 1,699.

Jornal Midiamax