Geral

Ciro recorre contra direito de resposta concedido a Serra

O candidato à presidência pela Frente Trabalhista, Ciro Gomes, apresentou ao Tribunal Superior Eleitoral pedido de suspensão, até o julgamento em plenário, da decisão que concedeu um minuto de direito de resposta a José Serra (PSDB) no programa eleitoral. Ciro foi punido por usar no início do seu horário eleitoral gratuito cenas animadas de luta […]

Arquivo Publicado em 01/01/2000, às 12h00

None

O candidato à presidência pela Frente Trabalhista, Ciro Gomes, apresentou ao Tribunal Superior Eleitoral pedido de suspensão, até o julgamento em plenário, da decisão que concedeu um minuto de direito de resposta a José Serra (PSDB) no programa eleitoral. Ciro foi punido por usar no início do seu horário eleitoral gratuito cenas animadas de luta livre com a locução: “Os golpes baixos acabam aqui”.

Em sua defesa, Ciro Gomes alegou que no uso das imagens não houve a referência direta ou indireta a qualquer candidato, partido ou coligação, que simbolize ofensa. O candidato alega, ainda, que a execução imediata da decisão implicará prejuízo irreparável para sua campanha eleitoral.

Hoje, o ministro Peçanha Martins considerou a veiculação das cenas com a locução “agridem a honorabilidade e o decoro” do candidato tucano, cujo programa eleitoral é veiculado imediatamente antes do de Ciro.

Jornal Midiamax