Geral

Ciro Gomes chega hoje a Campo Grande com Patrícia Pillar

O candidato fica apenas três horas na Capital. Do aeroporto segue direto para o comício, e volta ao Rio de Janeiro às 23 horas.

Arquivo Publicado em 01/01/2000, às 12h00

None

O candidato fica apenas três horas na Capital. Do aeroporto segue direto para o comício, e volta ao Rio de Janeiro às 23 horas.

Ciro Gomes (PPS), candidato à presidência da República pela Frente Trabalhista, desembarca hoje em Campo Grande por volta das 20h. O candidato virá acompanhado de sua mulher, a atriz global Patrícia Pillar, que tem acompanhado o presidenciável em sua campanha por todo o país.

A presença de Ciro em Campo Grande será breve. Do Aeroporto Internacional de Campo Grande a comitiva segue direto para o comício, organizado pela coordenação de campanha no Estado, na Avenida Fernando Corrêa da Costa, em frente ao Horto Florestal. Ciro retorna ao Rio de Janeiro às 23h.

O comício contará também com a presença dos candidatos ao governo do Estado, Moacir Kohl (PDT-PPS) e Carlos Marun (PTB-PFL-PPB-PST) e dos candidatos ao Senado Federal, Pedro Pedrossian e Athayde Nery. O grupo Zíngaro e o cantor Jerry Espíndola serão as atrações musicais após os discursos.

ESPETADAS: Ontem a noite Ciro Gomes promoveu mais um round no duelo de ataques verbais com o tucano José Serra. Ciro repetiu as palavras do presidente do PFL, Jorge Bornhausen, e chamou de candidato nanico e laranja do petista Luiz Inácio Lula da Silva.

Segundo ele, Serra é problema de Anthony Garotinho (PSB), que empata tecnicamente com o tucano em algumas pesquisas eleitorais: “Não vou responde a esse senhor porque, como disse Bornhausen, depois de virar um nanico eleitoral e laranja de Lula, ele não é problema meu, é de Garotinho”.

Ciro ressaltou que o Tribunal Superior Eleitoral já determinou providências contra a “atitude marginal” de Serra: “Mas digo e repito: se querem transformar a disputa numa lavagem de roupa suja, eu sou limpo e quem tem escândalos não sou, são eles”.

Jornal Midiamax