Geral

César Maia promete trabalhar pela eleição de Serra

A deterioração da posição política e eleitoral do candidato do PSDB à Presidência, senador José Serra, pode levar o PFL a reavaliar a sua decisão de não apoiar nenhum candidato à sucessão presidencial. De maneira ainda isolada, dirigentes do partido já admitem uma reedição da aliança com os tucanos. O prefeito César Maia, ex-coordenador da […]

Arquivo Publicado em 01/01/2000, às 12h00

None

A deterioração da posição política e eleitoral do candidato do PSDB à Presidência, senador José Serra, pode levar o PFL a reavaliar a sua decisão de não apoiar nenhum candidato à sucessão presidencial. De maneira ainda isolada, dirigentes do partido já admitem uma reedição da aliança com os tucanos. O prefeito César Maia, ex-coordenador da campanha de Roseana Sarney (PFL), promete trabalhar pela candidatura do senador José Serra à Presidência da República no Rio, Estado onde o tucano tem seu pior desempenho nas pesquisas. O acordo foi firmado também com o PMDB, primeiro partido a se entender na sucessão do Rio de Janeiro com o PFL e, assim, puxar o PSDB. Ao anunciar o acordo no Rio, o coordenador político da campanha de José Serra, o deputado Pimenta da Veiga, disse que este é o primeiro de uma série de entendimentos nos Estados entre os três partidos.
As informações são da Agência Globo

Jornal Midiamax