Geral

Brasil vai fabricar 100 mil carros a álcool para a Alemanha

O presidente Fernando Henrique Cardoso e o chanceler alemão Gerard Schroeder assinam acordo, pelo qual o Brasil vai fabricar 100 mil carros movidos a álcool para a Alemanha. O acordo vai ser assinado durante a realização da Cúpula Mundial sobre o Desenvolvimento Sustentável, chamada de Rio + 10, que se realiza de 26 de agosto […]

Arquivo Publicado em 01/01/2000, às 12h00

None

O presidente Fernando Henrique Cardoso e o chanceler alemão Gerard Schroeder assinam acordo, pelo qual o Brasil vai fabricar 100 mil carros movidos a álcool para a Alemanha.

O acordo vai ser assinado durante a realização da Cúpula Mundial sobre o Desenvolvimento Sustentável, chamada de Rio + 10, que se realiza de 26 de agosto a 4 de setembro em Joanesburgo, na África do Sul.

A informação foi dada hoje, em entrevista, pelo ministro das Relações Exteriores, Celso Lafer, que disse que o acordo ainda está sendo finalizado, mas que prevê a produção de 100 mil carros movidos a álcool para a Alemanha, em um número de meses ainda não determinado.

“O Brasil, com isso, dá uma dimensão maior ao Proálcool e a Alemanha reduz sua meta de emissão de gases (poluentes)”, explicou Lafer.

Jornal Midiamax