Geral

Após tentativa de fuga, segurança é reforçada na Máxima

Após a tentativa de fuga ocorrida na madrugada de ontem o Presídio de Segurança Máxima de Campo Grande teve a sua segurança reforçada. Segundo o diretor de operações da Agência de Sistema Penitenciário (Agepen), Ademir Almada, o número de policiais e agentes penitenciários de plantão não vai ser divulgado, mas, segundo fontes, aumentou em 50%. […]

Arquivo Publicado em 01/01/2000, às 12h00

None

Após a tentativa de fuga ocorrida na madrugada de ontem o Presídio de Segurança Máxima de Campo Grande teve a sua segurança reforçada. Segundo o diretor de operações da Agência de Sistema Penitenciário (Agepen), Ademir Almada, o número de policiais e agentes penitenciários de plantão não vai ser divulgado, mas, segundo fontes, aumentou em 50%.

Os dez presos do pavilhão II envolvidos na tentativa de fuga estão detidos em celas disciplinares. Hoje, eles terão direito a apenas uma hora de visita, enquanto os demais presos podem ficar o dia todo com seus familiares, das 8h30 às 16 horas. Várias viaturas do Garras e soldados da Tropa de Choque da Polícia Militar fazem a segurança externa da unidade penal.

Jornal Midiamax