Geral

Anvisa proíbe a venda de álcool etílico em supermercados

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu a comercialização do álcool etílico (líquido) nos supermercados, através de uma normatização. A medida visa reduzir o número de acidentes domésticos que este produto provoca. A partir de agora, será possível apenas a venda álcool em gel, que tem um processo de combustão (queima) mais lento. Segundo […]

Arquivo Publicado em 01/01/2000, às 12h00

None

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu a comercialização do álcool etílico (líquido) nos supermercados, através de uma normatização. A medida visa reduzir o número de acidentes domésticos que este produto provoca. A partir de agora, será possível apenas a venda álcool em gel, que tem um processo de combustão (queima) mais lento.

Segundo informações da Ama (Associação Sul-mato-grossense de Supermercados), a medida tenta evitar o número de queimaduras com o produto, que já deixou mais de 150 mil pessoas feridas no Brasil, sendo que destes, 45 mil são crianças.

A Ama já comunicou aos 235 supermercados associados, dando informações sobre a notificação, assim como alertando os empresários sobre as multas que podem variar de 2 mil a 1,5 milhões de Reais.

A Anvisa será a responsável pela fiscalização nos supermercados. A venda do álcool etílico continua autorizada apenas nas farmácias do Estado.

Jornal Midiamax