Geral

Alex do PT diz que criação do decreto foi “atitude preventiva”

O secretário de Governo, Marcos Alex, disse há pouco, na governadoria, que a criação do decreto que regula as ações do governador Zeca do PT em relação aos programas Bolsa Escola e Segurança Alimentar durante a campanha eleitoral, “não foi motivada por ataques adversários”. A declaração refere-se à representação movida pelo candidato ao Senado pelo […]

Arquivo Publicado em 01/01/2000, às 12h00

None

O secretário de Governo, Marcos Alex, disse há pouco, na governadoria, que a criação do decreto que regula as ações do governador Zeca do PT em relação aos programas Bolsa Escola e Segurança Alimentar durante a campanha eleitoral, “não foi motivada por ataques adversários”.

A declaração refere-se à representação movida pelo candidato ao Senado pelo PPS, Athayde Nery, que pede a cassação do registro da candidatura do governador, por causa do uso da máquina pública no processo eleitoral.

“Não criamos as normas motivados por críticas. Só queremos dar transparência ao processo e mostrar que é possível fazer campanha eleitoral durante uma administração. Foi uma atitude preventiva”, esclareceu.

Jornal Midiamax