Geral

Aécio pode desistir do governo de Minas por uma vaga no Senado

Depois meses trabalhando na sua pré-candidatura ao governo de Minas Gerias, o presidente da Câmara dos Deputados, Aécio Neves (PSDB), ameaça agora abandonar a disputa, atraído pela possibilidade de vir a ser o presidente do Senado no biênio 2003-04. Ele recebeu hoje em Brasília um apelo de cerca de 80 congressista para que permaneça no […]

Arquivo Publicado em 01/01/2000, às 12h00

None

Depois meses trabalhando na sua pré-candidatura ao governo de Minas Gerias, o presidente da Câmara dos Deputados, Aécio Neves (PSDB), ameaça agora abandonar a disputa, atraído pela possibilidade de vir a ser o presidente do Senado no biênio 2003-04.

Ele recebeu hoje em Brasília um apelo de cerca de 80 congressista para que permaneça no Congresso, com o argumento de que a sua presença naquela Casa seria fundamental para as articulações políticas nacionais.

“Foi uma manifestação extremamente expressiva, de mais de 80 parlamentares de todos os Estados, sem exceção, no sentido de que eu possa optar pela disputa ao Senado, com a perspectiva, inclusive, de presidir o Senado no próximo biênio, o que é algo que deve ser considerado por qualquer cidadão”, disse Aécio.

Ele afirmou que continua conversando com Azeredo sobre a sucessão no governo de Minas Gerais e que a sua pré-candidatura “não está sendo descartada”, mas ressaltou: “Eu confesso que existe hoje um movimento extremamente forte para minha candidatura ao Senado”.
Com informações da Folha Online.

Jornal Midiamax