Time sul-mato-grossense CREC/Juventude enfrentou o América Mineiro Futsal e ficou no empate sem gols em Itaúna, Minas Gerais. As duas equipes se enfrentaram nessa quinta-feira pelo Campeonato Brasileiro de Futsal.

A primeira vitória do CREC/Juventude no Campeonato Brasileiro de Futsal foi impedida pela excelente atuação do goleiro Lucão e também arbitragem, considerada muito ruim pelos dois clubes.

A partida no Ginásio da Universidade de Itaúna foi marcada, no primeiro tempo, por uma grave contusão. Com poucos minutos de bola rolando, o fixo Rodrigo Charuto caiu em uma disputa de bola pela esquerda e sentiu contusão na perna esquerda.

Ele deixou a partida para ser levado ao hospital Manoel Gonçalves e os exames constataram uma fratura na fíbula. O atleta foi atendido pelo médico Marco Tulio dos Santos.

Segundo informações levantadas até o momento, no retorno à Dourados, ele será atendido pela equipe Cassems e deve passar por cirurgia nos próximos dias, ficando fora do restante da temporada.

Quando a bola voltou a rolar, o jogo ficou movimentado, com boas chances para os dois lados, mas com os goleiros Lucão, do América, e Cleison, do Juventude, inspirados, levando o zero no placar para o intervalo.

No segundo tempo, além do goleiro adversário, o time sul-mato-grossense teve a arbitragem atrapalhando.

No lance que mais gerou reclamação, com 14 minutos de bola rolando, em cobrança de falta de Gustavo, Shaina desviou a bola na área claramente com o braço e um dos árbitros, de frente para a jogada, marcou apenas escanteio.