Em um intervalo de poucas horas, o Atlético-GO anunciou nesta sexta-feira (21) as saídas do técnico Jair Ventura e do atacante Vagner Love, um dos destaques do Dragão. Dessa forma, o Rubro-Negro de Goiânia informou as saídas dois dias depois da derrota para o Criciúma por 2 a 1 em pleno Antônio Accioly, pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Jair Ventura chegou ao Atlético-GO em julho de 2023. Então, em abril deste ano, prorrogou o contrato até dezembro, segundo a Agência Estado. “O Atlético agradece ao profissional e sua comissão técnica que durante 10 meses estiveram no clube e informa que vai em busca de um novo perfil profissional e de uma nova filosofia para o comando do time”, diz nota do Rubro-Negro.

Antes do time goiano, Ventura acumulou passagens por Botafogo, Santos, Corinthians, Sport, Chapecoense, Juventude e Goiás. Já no Atlético-GO conquistou o acesso à Série A do Brasileirão em 2023 e sagrou-se campeão goiano neste ano. Jogou 50 partidas, com 31 vitórias, 7 empates e 12 derrotas.

Contudo, o Atlético-GO não faz um bom Brasileirão. Isso porque o time flerta com a zona de rebaixamento: está em 16º lugar, com 8 pontos. Neste sábado (22), às 17h30 (de MS), visita o Cuiabá na Arena Pantanal. O auxiliar fixo Anderson Gomes comandará o Dragão.

Vagner Love trocou o Atlético-GO pelo Avaí, na Série B

Horas depois de anunciar a saída de Jair Ventura, o Atlético-GO também confirmou a transferência de Vagner Love para o Avaí.

“O Atlético Goianiense agradece o atacante Vagner Love por sua passagem no clube, com muita experiência e dedicação, o jogador era muito querido em nosso dia-a-dia”, informou a nota, que ainda frisou a boa relação entre as diretorias dos dois clubes.

Vagner Love tem 40 anos e chegou neste ano ao Dragão. Assim, na temporada, fez 25 jogos, marcou 7 gols e deu 2 assistências. Em 2023, defendeu o Sport. Agora, defenderá o Avaí, vice-líder da Série B, com 21 pontos (empatado com o América-MG, que tem melhor saldo de gols).