Time de futsal feminino de Campo Grande recebe investimento de R$ 500 mil

Meninas vão representar MS em competições nacionais de futsal
| 27/04/2022
- 16:34
time de futsal Serc/UCDB
Time de futsal Serc/UCDB (Foto: Divulgação)

O time de futsal feminino da Serc/UCDB (Sociedade Esportiva Recreativa Chapadão/ UCDB) recebeu investimento de R$ 500 mil provenientes do FIE/MS (Fundo de Investimentos Esportivos de MS). O clube e a (Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul) assinaram o termo de fomento nesta quarta-feira (27).

Segundo a Serc, o recurso será utilizado no pagamento de bolsa para atletas e salários para a comissão técnica, contratação de reforços para a equipe, aquisição de materiais esportivos, investimento em estrutura adequada para treinos de alto rendimento, despesas com contratação de prestadores de serviços, entre outros.

O aporte financeiro integra o programa “MS Esporte Elite”, lançado no ano passado. Por meio de edital de chamamento, a iniciativa visa desenvolver trabalho de aperfeiçoamento técnico, apoiando e fortalecendo clubes para a representação de MS em competições nacionais e internacionais, além de revelar atletas.

Próximas competições de futsal

Com o valor, o time, que tem parceria com a Universidade Católica Dom Bosco (UCDB), programa-se para participar de três grandes competições: a Taça Brasil de Clubes - Divisão Especial, Copa do Brasil e Copa Mundo do Futsal - Fase Internacional.

A Taça terá Campo Grande como sede, entre 29 de maio e 4 de junho. A primeira fase da Copa do Brasil tem início em junho, segundo a CBFS (Confederação Brasileira de Futsal). Já a Copa Mundo está prevista para acontecer entre os dias 22 e 27 de agosto, também na Capital sul-mato-grossense, reunindo 12 equipes de diversas partes do mundo.

Qualificação do time

“Esse dinheiro vem para nos ajudar nos campeonatos estaduais e nacionais, nos proporcionando uma renda. Muitas de nós precisam trabalhar durante o dia para se manter, e com esse investimento poderemos nos dedicar exclusivamente ao esporte”, declara a capitã do time, Bruna Elisbão.

“Os campeonatos não são baratos. Então, agora, poderemos montar uma equipe competitiva, focada em crescer cada vez mais”, conclui Bruna.

Conforme João Félix, presidente da Serc, agora existe a possibilidade de alavancar a parte técnica do time. “O auxílio é fundamental para que a gente dê um salto de qualidade, que é nosso grande propósito e objetivo”, diz o presidente.

“Buscamos uma equipe de futsal feminino de alto nível, então agora nosso trabalho é ter a sabedoria de administrar esse recurso para alcançarmos nossas metas”, conclui.

Para o técnico da equipe, Luiz Fernando Borges Daniel, o “Nando”, o recurso vem para somar. “Nossa equipe tem apresentado resultados muito bons ao longo dos anos, se destacando no nacional”, diz o treinador.

“O investimento vem em boa hora, porque vamos poder trabalhar melhor a parte física e técnica, mantendo nossos resultados a nível nacional”, encerra.

Veja também

Não foi a estreia que o Fortaleza esperava nas oitavas de finais da Copa Libertadores...

Últimas notícias