Sem Nenê como capitão, Vasco empata com CRB e acumula novo tropeço na Série B

A mudança de capitão aconteceu após o empate da primeira rodada contra o Vila Nova
| 16/04/2022
- 21:28
Assessoria/Vasco
Assessoria/Vasco

Num bastante movimentado e com muitas chances de gol, CRB e Vasco empataram por 1 a 1, na noite deste sábado, no estádio Rei Pelé, em Maceió, pela segunda rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Nenê, principal jogador do time carioca, atuou sem a braçadeira de capitão.

A mudança de capitão aconteceu após o empate da primeira rodada contra o Vila Nova, quando Nenê não gostou de ser substituído e atirou a braçadeira no gramado. A ação foi reprovada pela comissão técnica, que decidiu mudar o líder do time. O zagueiro Anderson Conceição assumiu a braçadeira.

Em campo, a postura melhorou, mas não foi o suficiente para dar ao Vasco a primeira vitória na competição. O time tem dois pontos e aparece na nona posição da tabela. Já o CRB, que estreou neste sábado, é o 13º, agora com um ponto.

O primeiro foi bastante equilibrado. O CRB começou melhor e aproveitou falhas individuais do Vasco para abrir o placar. Logo aos nove minutos, Maicon deu linha assistência para Raul Prata, que apareceu nas costas da marcação e cruzou para Richard completar para o gol vazio.

Atrás no placar, o Vasco teve ligeira melhora e quase empatou aos 19 minutos, quando Nenê cobrou falta e obrigou o goleiro Diogo Silva a defender próximo da trave esquerda. No rebote, a bola explodiu no peito do zagueiro Anderson Conceição e saiu pela linha de fundo.

Mais presente no ataque, o Vasco conseguiu o empate antes do intervalo. Aos 37 minutos, Nenê recebeu bola na esquerda e cruzou na medida para Raniel empurrar para as redes. A princípio o gol foi anulado pela arbitragem, mas foi confirmado após revisão do VAR.

No início do segundo tempo, o CRB pressionou o Vasco e perdeu ótimas chances de abrir o placar. Aos 10 minutos, Richard fez linda jogada individual, passou pela marcação e finalizou para boa defesa do goleiro Thiago Rodrigues, que evitou o gol com a perna esquerda.

Após a pressão do time da casa, o Vasco equilibrou as ações e respondeu à altura. Aos 17, Nenê cobrou falta na área e Edimar, de cabeça, obrigou o goleiro Diogo Silva a salvar bola no ângulo direito.

O confronto ficou aberto e os dois times seguiram no ataque em busca da vitória. Só que os jogadores sentiram o desgaste e não tiveram tanta efetividade, com o resultado se mantendo igual até o apito final.

O CRB volta a campo no sábado para enfrentar a Ponte Preta, às 16 horas, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. Enquanto o Vasco jogará na sexta-feira, contra a Chapecoense, às 21h30, na Arena Condá, em Chapecó.

Veja também

O Internacional não repetiu na Sul-Americana, nesta terça-feira, as boas atuações do Campeonato Brasileiro e...

Últimas notícias