Na sua estreia internacional, Cuiabá perde para o Racing-ARG na Sul-Americana

| 13/04/2022
- 20:49
Na sua estreia internacional, Cuiabá perde para o Racing-ARG na Sul-Americana
A derrota manteve o Cuiabá com três pontos no Grupo B (Foto: ACS/Cuiabá)

Na sua primeira apresentação fora do Brasil, o Cuiabá perdeu para o Racing, por 2 a 0, nesta quarta-feira à noite, pela segunda rodada da Copa Sul-Americana. O foi realizado no estádio Presidente Peron, em Avellaneda. O time brasileiro perdeu uma série invicta de 14 jogos, enquanto o time argentino, que lidera o Campeonato Argentino, emplacou sua oitava vitória consecutiva.

A derrota manteve o Cuiabá com três pontos no Grupo B, por conta da vitória inicial diante do Melgar-URU, por 2 a 0. O Racing lidera com seis, o Melgar também tem três pontos porque nesta noite venceu por 2 a 0 o River Plate-URU, lanterna sem pontos.

O Racing dominou todo o primeiro tempo, mostrando intensidade e sempre na pressão, bem ao estilo argentino. As chances de gols foram sedo criadas e com as seguidas defesas o goleiro João Carlos logo se transformou no melhor em campo.

A primeira oportunidade saiu aos 12 minutos, quando Hauche cabeceou e o goleiro brasileiro espalmou. Na pressão, o Racing abriu o placar aos 24 minutos, num lance de insistência. Começou do lado esquerdo com cruzamento de Piovi, que João Carlos deu um tapinha para fora da área. Mas Dominguez pegou a bola no lado direito e levantou na primeira trave, onde Javier Correa deu um peixinho e mandou para as redes.

O Racing manteve a pressão e João Carlos fez mais duas boas defesas. A única descida do Cuiabá aconteceu aos 41 minutos, quando Felipe Marques invadiu a grande área, mas na hora do chute foi bloqueado. Os brasileiros não acertaram um chute em gol.

O segundo tempo começou igual, com o Racing em cima, sem dar espaço para o Cuiabá. O segundo gol saiu aos 19 minutos, numa cobrança de falta de Alcaraz pelo lado direito da área. O goleiro João Carlos colocou apenas dois jogadores na barreira, mas a bola passou entre eles e tocou na trave direita. Depois voltou na cabeça do próprio goleiro e entrou.

Os dois técnicos passaram a usar todas as suas trocas. Fernando Gago, do Racing, para poupar seus titulares; Pintado, do Cuiabá, para por sangue novo no Cuiabá, que melhorou nos minutos finais, mas insuficiente para tentar uma reação.

A terceira rodada vai acontecer só dia 27 de abril, quando o Cuiabá vai receber na Arena outro o River Plate, do Paraguai. O Racing vai sair diante do Melgar, no Peru. No fim de semana, o Cuiabá volta a campo pelo Brasileirão diante do Fluminense, sábado, às 21 horas, de novo em casa.

FICHA TÉCNICA

RACING-ARG 2 X 0 CUIABÁ

RACING-ARG - Gastón Gómez; Mura (Pillud), Sigali (Nery Dominguez), Insúa e Piovi; Moreno, Leonel Miranda (Jonatan Gómez), Alcaraz (Mena) e Fabrício Dominguez; Javier Correa (Cardona) e Hauche. Técnico: Fernando Gago.

CUIABÁ - João Carlos; João Lucas, Marllon, Alan Empereur e Igor Cariús; Marcão Silva, Rafael Gava (Valdívia), Felipe Marques (Alesson) e Rodriguinho (Pepê); André Luís (Everton) e André (Elton). Técnico: Pintado.

GOLS - Javier Correa, aos 24 minutos do primeiro tempo. Alcaraz, de falta, aos 19 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Mario Diaz de Vivar (PAR).

CARTÕES AMARELOS - Nenhum.

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio Presidente Perón, em Avellaneda, na Argentina.

Veja também

Jogando no Castelão, Vozão triunfa por 3 a 0

Últimas notícias